domingo, 29 de novembro de 2009

UM Premium

Parece que foi ontem que há exatamente 365 dias atrás reclamei aqui que a capa da UM de 4º aniversário, com a Ellen Jabour, estava feminina demais para uma capa sensual masculina. Mal sabia eu o que estava por vir... Hoje, depois de muita bateção desesperada de cabeça, para sua capa de 5º aniversário, a UM também atacou de Casa Bonita e veio com a vencedora Monique Luchesi, por sinal, bem mais bonita que as duas ex-CB da SEXY.

Isso é uma capa de aniversário. É?

A capa não tem nada de anormal para os padrões amadorescos atuais da UM (destaque para o “UM 5 anos” dentro da bolinha preta e pro “MO TOR” quebrado), já o recheio... A UM tomou doses cavalares de testosterona e agora aposta suas últimas e sofridas fichas em pagação de peitinho, com direito a mamilo maroto escapulindo da mão. Se fosse pagação de peitinho tipo Trip, ok. Mas é tipo Premium, ficou vulgar pra caramba. O ensaio não combina com as matérias da revista, não combina com o conceito do passado e só não vou afirmar que não combina com o público, pois não dá mais para saber quem é o alvo da revista. E volto a dizer: esse não é o caminho, UM. Meia volta, volver!

5 comentários:

Pedro disse...

. e isso merecia post?

auhauhu
ahuhuauahu

UM, não p[h]ode!

Poio disse...

Discordo desses comentarios moralistas e provincianos tipo "oh! Apareceu um peito!Que baixaria" blablabla.
Parece coisa dos dubles de linchadores da Uniban. Nao se pode regular o corpo da mulher com esse grau de radicalismo ultrapassado, parece misoginia, pega mal p/ um blog caracterizado pela diversidade feito o dasBancas.

Leandro disse...

Poio, pega na minha misoginia e balança.

Poio disse...

Back off, nao sou sao-paulino brother. Mas insisto: chega de pruridos afetados contra a exposicao do corpo feminino. Se o sujeito e gay eu respeito, mas gay misogino ou preconceituoso e dose.

Leandro disse...

Hahaha Vem falar de radicalismo, preconceito e mete essa dos São Paulinos. Poio, quem lê dB sabe que não somos contra a exposição do corpo feminino e muito menos misóginos. Aposto que você nem viu a UM pra entender o que eu disse, mas esse seu discurso habitual sempre prevalece. E fique à vontade para dar sequência ao vômito verborrágico. Capricha mais nos pruridos e misóginos na próxima. ;-)

Postar um comentário | Feed



Blog Widget by LinkWithin
 
^