segunda-feira, 8 de agosto de 2011

#sandyfazboxe

"É possível ter prazer anal" não é a mesma coisa que "Eu faço anal e gosto pra cacete". Se tratando de Sandy, nem é preciso ser esperto ou ler a entrevista do mês para chegar a essa conclusão.
Faremos um retrospecto com os últimos acontecimentos envolvendo a polêmica frase que roubou a cena de Galisteu e ganhou os TTs do Twitter com a gozada (ops!) hashtag #sandyfazanal.

Perguntada se está pronta para ser a mais polêmica capa da "Playboy" do ano, a cantora respondeu: 
"Sensacionalismo"
 (Fonte: Mônica Bergamo)

Em seu blog, Edson Aran respondeu, com ar de professor, sobre a acusação de Sandy:
Jornalismo
Fonte: Entre Nós
Agora, aqui no dasBancas, o trecho completo da entrevista de onde a frase foi extraída:
E vocês, o que acham: a Playboy foi de fato sensacionalista ou apenas cumpriu seu papel e fez uma boa chamada de capa? 

23 comentários:

Emanuel Sobreira disse...

muita gente vai deixar de comprar a revista agora porque já leu a parte mais interessante ahauhauahua

Ricardo B. disse...

.

Sensacionalismo detected!
Será e isso foi o q ela disse de mais interessante? Se sim, nos decepcionaremos com a entrevista (o que é uma pena, pois gosto mto da Sandy e só vou baix.., ops!, comprar essa edição por conta dela).

.

KAZINHA LACERDA disse...

Ui... pra dizer o mínimo, né?

Pabline Felix disse...

sensacionalismo grosso.

Romualdo disse...

haaa mas que ela falou haaa isso falou...
Abração pra vcs do DAS BANDCAS, legal que vcs voltaram sou fã do BLOG.

Lucas Mattos disse...

Tendo o conhecimento de que a revista publicou apenas uma citação REAL da Sandy na entrevista, o termo "sensacionalista" cai por si só nessa situação. Tratando-se da personalidade que é Sandy no Brasil, obviamente, a revista teve o intuito de incitar e provocar quem visse esta chamada. E mesmo dentro de todos os contextos possíveis, a declaração não deixa de ser bombástica. Sandy, anos atrás, nunca iria comentar nada parecido. A Playboy foi, digamos, oportuna.

RaFa . disse...

O povo tá acostumado com a Sandy santinha, certinha, mas ela é gente igual a todos. Ela faz sexo, ela tem dor de barriga, ela senta na privada, tem mal halito.
Por isso gerou essa polêmica toda.

Duds disse...

tenho preguiça do aran, tenho preguiça da sandy.....

Kelvelyn disse...

Um pouco dos dois.
Mas acredito eu que qualquer um que tenha lido a chamada não pensou que de fato a Sandy tenha afirmado que gosta de sexo anal.Ta na cara que ela nunca diria isso...

Jales disse...

Ficou claro que Sandy foi manipulada para responder exatamente o que o editor queria. Acho que a chamada foi sensacionalista porque deu a todos uma imagem errada de Sandy, o que para mim é o objetivo contrário de uma entrevista como as que a Playboy faz.

Alípio disse...

Playboy foi velhaca, pegou um trecho, que solto gera a interpretação óbvia e engraçada, que provocou toda essa falação (Sandy dá o cu e gosta).

Mas a Sandy reagiu bem. Ao invés de se fazer de vítima e ofendida, minimizou o assunto, deu risadinhas (mesmo que falsas) e ainda chamou a revista do coelho de imprensa marrom. kkk

cristian-monteiro disse...

Sensacionalismo Ridiculo...

Bruce Leal disse...

Sensacionalismo que cumpriu o objetivo de polemizar e que provavelmente vai ajudar nas vendas.

We Love Terry disse...

Sensacionalismo barato

Paola Moraes disse...

Pra mim, foi uma chamada. Meu, entrevista com a sandy.... Na boa dizer que tem entrevista com ela simplesmente vai vender playboy? Não, meu. O público quer algo interessante na entrevista e isso foi o mais interessante. Ao invés da Sandy dizer "Credo, que horror" ela disse que pode existir. Deixou claro que não faz, mas meu... Quem botou uma fé de que ela faz?

Gilson disse...

com toda certeza, apenas uma boa chamada, se eu fosse o editor (e no momento tivesse a sacada) faria a mesma coisa.

Marcela disse...

Realmente, pra mim não tem nada de mais. É só uma chamada. Só criou todo esse alvoroço porque é a Santa Sandy, e só o fato da Sandy falar a palavra "anal" já causa polêmica. Imagina se ela tivesse dito "boquete"... G-zuis! hahahaha

Ayla Farias disse...

Ela disse. E o editor fez uma BELA chamada pra vender revista com parte do que ELA DISSE!

Gabriela disse...

Acho que foi sensacionalista porque a própria pergunta já continha uma pegadinha: qualquer que fosse a resposta dela ia virar manchete (a Sandy ia virar a safada ou a pudica da vez).

A Sandy até se saiu bem, mas pinçaram outra frase e tiraram do contexto.

Ronaldo Ribeiro disse...

Hoje acho que foi só uma chamada... Eu sabia que ela não tinho dito isso e que se tratava de uma frase tirada do contexto. Era óbvio.

Polemizar foi o verbo... e de boa... foi legal.

Tb curti a posição dela. Não bateu, não xingou... só disse que foi sensacionalista e brincou com a situação.

Ana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ana disse...

AI GENTE! Uma pessoa q passou a vida inteeeeeeeeira dando entrevistas, que sempre teve essa imagem de menina comportada, vai lá e da uma entrevista PARA A PLAYBOY e fala uma frase dessas, vem reclamar depois??? Brasil, pára q eu quero descer! Qndo saiu a notícia com essa frase, eu devia ter apostado dinheiro (saco! rs) pq eu sabia q ela não estava falando dela mas q óbvio, tinha soltado essa frase. Mas assim, honestamente, não acho q eles forçaram a barra num nível q fosse impossível ela escapar, poderia ter dito "eu acho possível que as mulheres tenham prazer anal"... enfim, óbvio q por ser a Sandy, o negócio adquiriu proporções imensas, só acho q se ela falou a frase, independente se é sobre ela ou não, a revista tinha todo direito de colocar na capa... a revista é o produto pra ser vendido. Não q eu tire o direito dela de se surpreender com o negócio tbém mas depois da história da Devassa lá, achei até q ela tava criando uma nova persona...nem sei mais.

bittv disse...

A playboy fez isso pois sabe que todo mundo gosta de cair de pau (opps!)na Sandy. Mas,sem dúvida, a revista foi escrota.

Postar um comentário | Feed



Blog Widget by LinkWithin
 
^