quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Ponto para a TRIP!

A Trip sempre foi aquela revista ousada que mete o dedo na ferida e, felizmente, não deixou esses tempos de politicamente correto contaminarem sua redação. 
Em meio a tantos comentários e manifestações sobre direitos gays, ver uma capa masculina com dois caras se beijando é praticamente um grito de liberdade. Além, claro, de ser uma boa demonstração de que homossexuais não precisam de guetos. Têm sim suas preferências, seu estilo de vida característico, mas estão plenamente inseridos na sociedade.
Uma salva de palmas para Trip e sua belíssima capa. E que esta seja a primeira de muitas demonstrações de respeito vindas das redações de revistas nacionais. Chega de ser piada, né gente?


Ah, também tem a capa do pessoal peladinho. Que, por sinal, é lindona!

19 comentários:

Anderson Gomes Leal disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anderson Gomes Leal disse...

Caramba, muito bacana as duas capas, uma romântica e aoutra transgressora.

Marcela disse...

Uau!

Ricardo B. disse...

Parabéns à TRIP!
Mandou bem!

\o/

Leandro disse...

Parabéns, Trip!

Romualdo disse...

E a mãozinha do surfista de preto escorregando na 1° capa hehehehehe!
Coloracam a pior bunda em destaque na 2° capa...

Maurício disse...

Trip não era direcionada para o publico masculino hetero? Se é a trip está inovando e surpreendendo ou se se nunca foi, eu que sou loco que nunca percebi...mas estão de parabéns pelas duas capas

Israel Carneiro disse...

Revista masculina hetero não pode falar sobre a diversidade sexual?Seria eu negro por debater os direitos raciais?

Parabéns,Trip!Lindas capas!

Fernando Vasconcelos disse...

TRIP é foda! Revista de primeira, botando pra fuder inclusive no gueto das superficiais revistas gays.

Ericson disse...

Gostei muita da capa!

E sinceramente fazer capa e reportagem assim no país em que vivemos, é para poucas revistas. Essa capa me lembra uma dos anos 90 que foi censurada, a revista foi ensacada por sacos de plásticos pretos, porque tinham dois homens se beijando, mostrando toda a censura para a época, e a revista veio a falência... bom eram outros tempos, estamos em 2011, ou será que os jornaleiros vão colocar essa revista lá no fundão da banca como faziam antigamente com revistas relacionadas ao público gls em outras épocas?

Tenho apenas uma revista Trip, adorei, já que a revista falava de intolerância: sexual, racional e etc.

Parabéns a todos da revista!

^^

Fran Alves disse...

Uma excelente atitude e que muitas revistas deviam fazer o mesmo.

Parabéns Trip !

Israel Carneiro disse...

Na 2º metade dos anos 90,a revista gay Sui Generis já estampou na sua capa um beijo bem mais ousado.

Ana disse...

Só a Trip mesmo, parabéns!

Fernando Vasconcelos disse...

O beijo na capa da TRIP não quer "ousar" nem chocar, mas mostrar de forma natural o que normalmente seria considerado "ousado" numa capa de revista. TRIP é dez! Capa do ano para a revista brasileira do ano.

Alípio disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Alípio disse...

A Trip realmente não segue a cartilha que as outras costumam seguir. Corajosa a capa e válido o tema da edição. Certeza que teremos ótimos textos sobre o assunto.

Uma capa assim, em uma revista masculina só mesmo na Trip, pois tem outra opção de capa, e tem o carater transgressor, ousado, etc da publiação.

Mas, ser hipócrita pra que né? Óbvio que vou levar pra casa a outra capa, dos peladinhos.

Fernando Vasconcelos disse...

E assim, todos comprarão a TRIP esse mês, felizes e contentes, independente da praia (sem trocadilho) sexual. Mas os leitores surfitas devem estar muito tensos! kkkk

Alípio disse...

Comprei e dei uma olhada. Tem muita materia que aparenta ser interessante. Aliás, creio que a discussão do tema será boa e ampla, o que é bom.

Agora, quem espera nem que seja um resquício mínimo da boa e velha revista masculina, melhor passar longe!

Ayla Farias disse...

Trip pôs o dedo na ferida e cutucou! Parabéns!

Postar um comentário | Feed



Blog Widget by LinkWithin
 
^