terça-feira, 6 de dezembro de 2011

O mundo cor de rosa de Bárbara Evans

A maior novidade da Playboy Brasil de 2011 demorou, mas chegou em forma de lolita e atendendo pelo nome Bárbara (nada mais apropriado) e sobrenome Evans! Aos tenros 20 anos, a garota parecia predestinada ao feito. Obstinada, empinou o nariz arrebitado e assinou o contrato passaporte para fama e maioridade, dizem, sem a autorização da mamãe-titia Monique. Ao longo das últimas intermináveis semanas, Bárbara demonstrou uma euforia quase inocente de quem estava posando nua para provar para os coleguinhas o quanto ela pode ser especial, como uma adolescente publicando no facebook fotos de sua primeira viagem à Disney.
 O dasBancas não tem dúvida do quanto a Bárbara é especial

MAMÃE NATUREZA
Pele toda rosada, cabelão dourado... A beleza impecável do ensaio, assinada por Carlos Carrasco, foi sutil e optou por deixar Bárbara Evans ao natural nos braços da mãe natureza. E essa naturalidade é muito presente neste ensaio campestre. Justamente por não ser magérrima como uma top, nem malhadíssima e bronzeada como uma panicat, a menina se destaca por ser naturalmente linda. Nessa era de mulheres em série, um pouco de “imperfeição” e assimetria nunca me pareceu tão feminino. Bob Wolfenson soube explorar isso muito bem ao abrir mão de poses e caras afetadas, e do clichê braços levantados para empinar o que não precisa ser empinado. 
Irresistível como jabuticaba no pé 
O gancho genético diretamente relacionado ao passado da revista e o corpo livre de excessos da Bárbara são elementos que ajudam a tornar histórica essa Playboy de dezembro, mas é o fetiche lolita que arremata o clássico. O rosto angelical e a depilação pueril mexem forte com o imaginário masculino. A produção de moda foi competente ao não montar uma caricatura infantilizada, apesar de achar que a sandália escolhida acabou se tornando um ruído em quase todas as fotos. 
Playboy  Inocência na medida certa
O ensaio é enxuto e deixa gostinho de quero mais. Uma legítima edição de colecionador (só faltou o selinho!) de presente para os leitores reclamões da publicação. Já aguardo a segunda, terceira, quarta... capa da bela garota.

Fotos: Reprodução Playboy

13 comentários:

Jean Cândido disse...

ehehehehe...

poiseh!achei o ensaio bem bacana...e apesar de adorar mulher de salto, achei estranho essa sandalia ai tb!mas pensava q so eu ia reclamar disso...

Walter Campos disse...

Finalmente não tenho do que reclamar esse mês.

A propósito, quem é assinante recebeu a capa para assinantes ou a capa normal pra banca?

Leandro | @Leandro_S disse...

Jean, nem curto muito esse tipo de comentário, prefiro olhar o todo qdo o assunto é PBY, mas achei que a sandália grandona atrapalhou. Os momentos descalços são bem melhores.

walter, a capa dos asinantes veio com chamadas igual a da banca.

Abs!!!

Ike Laguárdia - @ikelag disse...

leandro, concordo muito com o post. esse é o ensaio mais natural e mais sensual dos últimos meses. apesar de não gostar da bárbara pelas poucas declarações que ouvi da moça, tenho que confessar que ela e a produção foram super competentes na proposta. parabéns pelo post também, refletiu bem isso.

Leandro | @Leandro_S disse...

Obrigado, Ike. Saudade de vc. Abs!

Israel Carneiro disse...

Um baluarte de leveza e inocência.Tudo natural e bucólico.Se eu gostasse seria melhor ainda...kkkk

Marcio disse...

Achei muito sem sal e preguiçoso o ensaio. Ela é gostosa, mas é completamente sem graça. E o Bob me decepcionou bastante. Enfim....

Cohen disse...

Lindo ensaio!
O melhor do ano!
E que seios lindo ela tem, PQP!

Poio disse...

Funcionou unica e exclusivamente por méritos da modelo e da decisão de fazer feito 90% das modelos internacionais e se depilar totalmente. O ensaio ficou apressado, mas a Bárbara é linda e mostrou aquilo que faz as pessoas comprarem revista masculina.

Romualdo disse...

Belo post! Traduziu as palavras que me faltaram ao ver o ensaio.

Fernando Vasconcelos disse...

A gata merecia mais, ensaio muito marromenos. Ensaio apressado, ams tem mais acertos que erros, principalmente que Barbara é gata, seria difícil não fazer bom ensaio. E tem bucetinha depilada, nenhuma sombra e a única mulher bonita na PLAYBOY esse ano, isso não é pouco! Tá no bom caminho pra voltar a ser a melhor revista de mulher pelada do Brasil.

Thalyta disse...

Arrazou no post, Lê!

Israel Carneiro disse...

"bucetinha" é ótimo!kkkkkkkkkkkkkk

Postar um comentário | Feed



Blog Widget by LinkWithin
 
^