sábado, 21 de novembro de 2009

Salvos pela vaidade

Deu na coluna Beira-Mar, da Veja:


O abençoado pecado da vaidade
Flávia Alessandra na Playboy: carreira consolidada, nudez sem riscos
Por Sabrina Wurn

Três anos depois de posar nua pela primeira vez, a atriz Flávia Alessandra volta a ser capa da Playboy no mês que vem. Por que ela aceitou repetir a dose? "A revista insistiu muito, meu marido me apoiou e, por vaidade feminina mesmo, tinha vontade de fazer de novo", diz a atriz, casada com o ator Otaviano Costa. "Ah, e o mais importante: tenho uma carreira consolidada, não serão fotos sem roupa que vão me alavancar como atriz." Tanta segurança faz sentido. Aos 35 anos, sua presença em qualquer novela é um chamariz de público, mesmo fora do horário nobre. Foi assim ao ser a antagonista da trama das 6 Alma Gêmea, reprisada à tarde, e é assim, agora, como protagonista de Caras & Bocas, que já registrou 38 pontos no Ibope, na faixa das 7. A mulherada sabe: o novo sonho de consumo nos salões de beleza é o corte Dafne, nome de sua atual personagem.

dB só no "ctrl+c" + "ctrl+v"

4 comentários:

RaFa . disse...

O finalzinho de ano bom esse viu!

Pedro disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pedro disse...

. três anos já?

nem parece...

e eu gosto da ideia dela na revista, mas não é nada que eu diga: UAU!

Poio disse...

O autor do texto errou o nome do pecado: acho que nao foi vaidade, foi cobica mesmo. Grana. Money.

Postar um comentário | Feed



Blog Widget by LinkWithin
 
^