sábado, 3 de abril de 2010

A numerologia explica

Enquanto a Playboy não vem

301 é um número muito do sem importância. Não foi título de nenhuma superprodução hollywoodiana, não sei se é cabalístico, mas certeza que não é o da sorte de ninguém. Não é especial, a não ser se no seu prédio tem aquela gostosa do 301 e o número te remete logo a coisa boa, do contrário passa batido. E a VIP 301 que sucede a edição especial VIP 300 é assim também: nada de especial. De volta a sua programação normal, a VIP não traz ensaio de 6 páginas no Preliminares, não tem famosas nem famosinhas no recheio, não inova na moda (outro editorial em pedreira?), não vem com uma grande mulher numa grande capa.

Voltamos com a nossa programação normal

A capa é tecnicamente ok, mas feia e nada moderna. Ficou com cara de revista barata, e olha que rola até uma 5ª cor nela. A manjada pose de bundinha pode até ter tudo a ver com Playboy, mas com a VIP? Se os leitores de lá já implicam com a falta de criatividade desse tipo de capa, quem achou que esta agradaria aos leitores de cá? Há outras formas mais inteligentes de mostrar o melhor – e maior – atributo da Cacau. A VIP foi na mais fácil.

Cacau é megagostosa, bonitinha de cara, mas fotografa muito mal. Fica bem na foto de costas, mas de frente... Fotogenia não é o seu forte. Entendo perfeitamente ex-BBBs que não são nenhuma Grazi ou Sabrina na Playboy, mas na VIP? Vender revista a qualquer custo pega mal com os fãs da publicação. Querem vender?! Ok, mas que vendam com Cleo Pires, Paola Oliveira, Isis Valverde...

Muito melhor indo

O ensaio de capa é, atendendo a pedidos, temático. Mas o tema borracharia foi o primeiro que passou pela cabeça deles, uma pena. A VIP já fez coisa bem parecida no passado (lembram da rebimboca da parafuseta?) e se é para fazer de novo, que façam melhor. Por que eles não usaram o calendário Pirelli como fonte de inspiração? Cadê o clima voyeur do BBB? A produção com direito a botinha de cowgirl é uma das mais toscas que já vi.

Pegada Pirelli? Pegada Paparazzo!

Mês passado, Greg (@sogreg) levantou muito bem a bola de que as matérias da revista se tornaram de autoajuda, um mix de Minutos de Sabedoria com Quem Mexeu no Meu Queijo?, e já ouço ecos desse comentário se propagar na internet. Não quero a minha VIP cabeça, mas sinto falta de perfis legais, mais ainda das entrevistas do Talk Show (pô, até UM e SEXY têm entrevistas!) e me sinto um moleque cheio de espinhas quando me deparo com 37 Dicas para Transar Mais e Melhor, principal matéria do mês, seguida de perto da reportagem visual É Dando que se Recebe, que “ensina” o leitor a comprar lingerie. A VIP pode ter sim estas matérias babaquinhas, mas não com tanto destaque e nem levadas tão a sério. De boa, se qualquer leitor chegar numa loja e pedir “um sutiã meia-taça com bojo de cetim” a vendedora devolverá o clássico “é pra você ou pra presente?”, né? Bobo pode sim, mas com mais humor, porque bobo levado a sério é chato. Apenas para ilustrar: em março, a Playboy publicou uma matéria dessas de “como comer mais e melhor”, Pegue Mulher no Twitter Hoje!, do Luiz Marcones (@luizmarcondes), mas com um texto tão despretensioso e engraçado que não tem como não gostar. Assim para divertir pode, mas para ensinar...

"Pegue um picolé de frutas e masturbe a gata com ele.
A sensação é geladinha..."

Geladinha, jura?!

"O tom da moda é o nude (mais conhecido como bege)..."
Pô, Marília, calcinha bege?!

"Ela adora citar Nietzsche. Ela AMA Clarice Lispector. Ela fez/faz/fará teatro.
Ela gosta do Tom Zé. Ela... Ela é chata, meu amigo."
Isso sim é a cara da VIP!

Para não fechar o post sem nenhum elogio, porque hoje é sábado e eu tô bonzinho, gostei da matéria que elegeu o melhor DJ do Brasil e achei divertida a mesa de pôquer com o pessoal da redação. Pronto! Elogio feito, veremos em maio o que a numerologia reserva para a VIP 302...

O simples que satisfaz

Fotos: Reprodução VIP

8 comentários:

Alípio disse...

"Vender revista a qualquer custo pega mal com os fãs da publicação."

Pega mal com quem? Só se for com vc, pois observando os fãs da publicação, os vejo satisfeitíssimos com a Cacau na VIP, e querem as outras tb, Sim companheiro, leitor da VIP é fã de BBB e não é esse poço de sofisticação que pintam.
Parece que vc tem um problema crônico de inferir o desejo do leitor (digo da maioria de leitores, não o seu).... Mas já tivemos esse debate antes, que foi legal, mas infelizmente inútil.


Fora isso, concordo que é uma edição ruim, como quase todas as que a VIP vem fazendo.
Fico bem satisfeito que finalmente notaram (ou começaram a falar sobre) as matérias "tipo-VIP". Em 2009 eu parei de comprar a revista, pq já não aguentava mais esse tipo de reportagem. Voltei a comprar agora e nada mudou. Quem sabe com o blog comentando, a coisa não muda, afinal aqui já não é mais um blog faz tempo né? É crítica mesmo.

Só não concordo com os elogios à matéria do Twitter que saiu na Pby. Ruim, sem graça. Quero aquilo longe da minha Playboy...

Até.

Leandro disse...

Alípio,

Longe "da sua" Playboy? Enfim, já tivemos esse debate antes e não vamos interferir no desejo do leitor (digo da maioria de leitores), né? ;-)

Até acho q a matéria do Twitter pode não combinar muito com Playba, mas com VIP sim. Sou leitor da VIP desde os 18 anos, adoro bobeiras e BBBs, mas mulher que não ficará na mídia por um ano (vide Maíras e afins) não são bem-vindas "na minha" VIP.

Que bom q vc concorda que essa é uma edição ruim e gostei desse lance do dB não ser "mais um blog faz tempo", mas ele é só um blog sim. Feito por leitores, lido por outros leitores e, sim, revisteiros.

Até.

Alípio disse...

O "minha Playboy" foi para brincar...

thiago disse...

"... Pegue Mulher no Twitter Hoje!...mas com um texto tão despretensioso e engraçado que não tem como não gostar."

Jura que você gostou dessa merda de matéria????????

Na boa, nossas Playboys de março foram diferentes!

thiago disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Serginho disse...

Nossa.. agora existem Cacauzetes também?

Essa menina fotografa mal demais.. a sensualidade ali passou a leguas de distância....Depois da Maira, pra mim é a pior Vip de BBB.

O problema dos Sirizetes, Cacauzetes, Mairetes, Maroquetes, e que não percebem o quao efêmero é o momento de 3 ou 4 meses dessas moças, e as ficam "endeusando".

Das mais de 90 participantes do BBB até hoje, quem ficou? Grazi, Sabrina e Iris ( muito porcamente diga-se de passagem ).

OBS.: Aparecer na Luciana Gimenez procurando namorado, ou apresentando programa de formar palavra feito louca na tv não vale pra falar que estão na mídia, ok.

Dureza isso.

Saudade dos tempos que a VIP tinha V.I.P. de verdade. No sentido literal da palavra.

Pedro disse...

. saudades de:

Carlos Amoedo em filme pornô
Ailin Aileixo em corrida de demolição

sacam a diferença, editores?
pois é...
antes a VIP tinha uma pegada experiência, queria passar alguma coisa pro leitor, mas não ensinar.
tá chato, tá enfadonho, tá forçado...
[cadê a nova masculina da Abril mesmo?]

não consigo ler a VIP completa há um bom tempo.
talvez ela esteja ok pra quem compra agora. mas quem a lê desde os 14, em 2001, venceu. e olha que eu nem peguei momentos memoráveis como Parlatore e a banana...

Cacau e sexy, sim. na casa, ao natural.
pq posando é uma porta. só gosto de uma foto do ensaio inteiro, a que ela troca o pneu, no final da página, quaaaase caindo...

gosto de BBB na capa, mas acho que tem que escolher a estrela e só.

eu disse...

jornalismo gonzo, né? tbm curto...

Postar um comentário | Feed



Blog Widget by LinkWithin
 
^