sábado, 7 de janeiro de 2012

Frapê

Janeiro é o mês frapê das bancas. Nada de muito extraordinário acontece. O 13° já foi embora (faz tempo, viu), os anunciantes já anunciaram tudo que tinham para anunciar, os leitores estão todos na praia pegando câncer de pele e acaba que os revisteiros guardam o melhor pra depois.
Na GQ Brasil, claro, não foi diferente. A revista optou por uma personalidade internacional para sua primeira capa do ano. Nenhuma bombshell, nada que surpreenda, que gere buzz ou que dê aquela vontade absurda de comprar, mas acho que a revista conseguiu fazer uma boa capa. E Daniel Craig, prestes a lançar mais um filme da franquia 007, me parece o nome mais apropriado para preencher a cota de capas enlatadas e essa grande lacuna chamada janeiro.
GQ2Todo homem queria ser James Bond
Para reiterar o que foi dito, aqui estão as outras capas recentes das GQs gringas com o 007. Acho a brasileira mais interessante. E vocês?
GQ1

5 comentários:

G. disse...

Enlatada, mas tá linda!

Will Poliveri disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Will Poliveri disse...

Sem dúvida a capa brasileira é a melhor de todas. Nas três gringas parece que o Craig tem 70 anos de idade!

Israel Carneiro disse...

GQ Brasil e seu carnaval tipográfico.

Douglas Eliakim disse...

Sem dúvida, mesmo com todos os "defeitos"/"erros", a basileira é a melhor

Postar um comentário | Feed



Blog Widget by LinkWithin
 
^