sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Quase lá...

Vocês viram o Joseph Gordon-Levit dublando a Nicki Minaj? Não? Então dá play...
Então, agora que já viu o vídeo, se não conhecia o ator que é queridinho da galera indie, está sabendo quem é o personagem na capa da Out. Então, a capa é muito boa. Tem uma foto incrível, a luz está super bacana, as chamadas são contidas e bem equilibradas. Mas, não é aquela capa perfeita que a gente adora, sabe? E o problema, sabe qual é? Então, é o nome do ator quase torto/quase reto, sabe? Um dos pontos de discussão da composição é a tal da ambiguidade. Quando a coisa não está lá nem cá, não está retinha, nem torta o suficiente para ter força, o elemento vira um ruído. O que é o caso na capa abaixo.
E olha, melhor fazer certinho, caretinha, que fazer quase legal, né?

2 comentários:

Ludmila Araujo disse...

Hahaha... Sou nova por aqui, mas também sou apaixonada por revistas e AMEI o post. Não conheço a Out, mas pelo menos conheço o Joseph Gordon-Levit desde que a voz dele ainda era aguda. Realmente ficou quase legal... Senti falta também de um pouco mais de contraste de peso na chamada principal. Esse amarelinho dá uma agonia se vai dar para leu ou não no impresso... Beijos e obrigada pelo blog! Estou na caça por referências e espaços de discussão sobre design editorial de revistas! :* Ludmila.

Strawberry Fields disse...

Essas linhas tortas, nem Deus escreve certo por elas... hahahahahaha!!! Dá uma agonia mesmo!

Quanto ao Joseph, no comments... Adoro aqueles olhinhos dele!!!!

Besos a todos!

Postar um comentário | Feed



Blog Widget by LinkWithin
 
^