sábado, 13 de dezembro de 2008

Bendito és o mau gosto

Da terra das Rebeldes

Há alguns dias a polêmica capa da Playboy Mexico, edição de dezembro, começou a pipocar na rede, como o assunto já estava meio saturado optamos por nem falar sobre, mas depois que a incrível Larah Means mandou o conteúdo "pragente", decidi gastar um tempinho falando sobre. Então, eu que imaginava já ter visto coisas toscas de todos os jeitos, fiquei meio assustado. O mau gosto não pára na capa, a coisa toma conta de toda o ensaio, e a tal Maria Florencia Onori faz um dos ensaios mais toscos que já vi na Playboy.

Saudades de Frida Kahlo

O México não é o melhor exemplo de entretenimento pop. É notória sua breguice e tintas carregadas em todos os produtos televisivos, musicais e afins. Por isso, nunca esperei muito da edição mexicana do coelhinho. Mas sério, tratar religião, algo tão forte para eles quanto é para os brasileiros, dessa maneira, é, no mínimo, desrespeitoso. Relacionar pornografia com símbolos santos, é brega, sem sentido, polêmica barata.

Medíocre.

Mas já que queriam fazer uma referência à Virgem Maria, por que não usar pinturas barrocas como referência? Por que não fazer a coisa com bom gosto? Sem ser tão clichê? Taí, o que me incomoda é ser clichê, ser tosco, se apropriar de símbolos alheios sem o menor sentido, valorização estética, conceitual e artística.


ps.: Não sou católico, não sou missionário, nem nada relacionado a qualquer religião, mas acho que as coisas devem ser bem feitas, e até para a 'arte' existe limite.

12 comentários:

aserlima disse...

Ah, eu sou catolico, apostolico e romantico..hehehe.
Mas nunca vi coisa tao ridicula..

Guilherme Muniz disse...

Nas fotos só apareçem isso msm ou vc corto oO?

Thiago disse...

só tem isso aê.

Marcelo SGB disse...

viva Playboy France

Leandro disse...

Jesus! Só tenho duas palavras sobre o conjunto da obra: CA FONA!

Maurício disse...

Algumas fotos ficaram bacanas, mas tem umas como Leandro disse cafonas...

Tudo que vem do México é brega

gabriela cesar disse...

sou mais madonna e o jesus negão.

Fernando disse...

ou seja.. e viva a ditadura, e viva a censura!
será que ninguem mais fora eu vê algo de bom nisso tudo? alguem ai sabe o que é marketing??

t. disse...

não é questão de censura, no texto que escrevi disse q não tenho nada contra a apropriação de símbolos sagrados e tal, o problema é fazer isso de maneira fraca, clichê, apropriação barata, para polêmica rasa. Se quer chocar, choca direito. Faz igual a Madonna, não fica com medo das atitudes que tomou...

thiago.

Greg disse...

Que bafo. Sem limites.

gabriela cesar disse...

eu GOSTO da cafonice mexicana. mas a produção tá uma MERDA. só tem UM lenço azul no méxico inteiro? e esse pano florido, what the fuck? e só duas coroas de virgem maria? pq não fez o carzo da nossa senhora de guadalupe? era mais bafão. muita página pra pouca foto. em uma palavra? FAIL.

gabriela cesar disse...

*catzo

Postar um comentário | Feed



Blog Widget by LinkWithin
 
^