segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Cores de outubro

Tá gata, mas a imagem de divulgação tá numa qualidade lixo.
Melhora isso aí assessoria da Playboy...

O aniversário fez muito bem à Playboy. Além das belas contratações, o nível das capas melhorou demais. Agora temos imagens bacanas, de impacto e bom gosto.

Depois da capa de rosto com Bárbara Borges, temos agora uma linda capa preta para a musa Juliana Alves. A pegada neon dos acessórios é ótima, o uso do preto super bem sacado, a pose boa (coisa de estrela), o corpão e cabelão imprimem um ar diva, meio Beyoncé. E claro, a economia nas chamadas fazem um bem ao nossos olhos... A única coisa que tenho dúvidas é sobre o lettering principal.

Continuo achando que a Playboy entrou numa onda minimalista, sutil e tal, meio arriscada. O nome da estrela ficou frágil, com leitura difícil. Uma tipografia mais encorpada não faria mal. Mas é melhor nem falar muito sobre, por que vai que eles resolvem voltar para aquela coisa gordinha e espremidinha que usavam até abril...

5 comentários:

Pedro disse...

. taí uma capa e uma estrela dignas de PBY!

tão vendo, pessoal da redação, a única coisa que a gente queria era isso...
foi tão difícil assim de entender?
ahuahuahua

só eu que senti uma pegada oitentista na capa?

Poio disse...

Fundo preto/grafite nao realca tons de pele mais escuros, alem de esconder a revista na banca. Embora nao esteja feia, nao gostei muito da capa.

nick disse...

Eu também não gostei muito da capa não...

Jean Cândido disse...

eu tb nao gostei muito da capa nao...

Leandro disse...

Eu gostei da capa.

Postar um comentário | Feed



Blog Widget by LinkWithin
 
^