terça-feira, 6 de outubro de 2009

"Eu queria morar na Mag Jeans"

Sim, essa foi a primeira coisa que consegui dizer ao folhear a minha revista.

A Mag sempre foi incrível, sempre fez os melhores editoriais, tem um acabamento perfeito, e é o sonho de consumo de todo aspirante a fashionista. Mas esta edição tem um sabor especial, tem em sua essência a democracia. Todos nos enxergamos naquelas páginas e/ou desejamos estar nelas. Todos amamos jeans e queremos fazer dele nosso objeto de expressão.


Numa mesma revista é possível ver fotos históricas da entrada das mulheres no universo masculino, lá durante a guerra. E também artistas underground. O que os liga?! O bom e velho jeans Levi's.


Continuando o passeio, é possível encontrar um pouco da história da música e da moda brasileira, a história do próprio tecido, com diversas referências pop no texto...


Anúncios antigos, o novo designer da Forum, o criador da Forum....


O jeans Jesus e sua comunicação 'opulenta', e as Glamourosas cariocas - incluindo uma funkeira de grife...


Um editorial jabá! Paulo Borges precisava fechar a folha de pagamento...


E o grande momento da edição, exatamente onde eu gostaria de viver. Onde tudo é incrível, todos são maravilhosos e nos inspiram.

No editorial Convocação Geral, gente como a gente, juntou-se a modelos e fez um dos mais belos e emocionantes registros de moda publicado por aqui nos últimos tempos.

Democraticamente, dividem as páginas da Mag, magrinhos, sarados, gordinhas, meninos, meninas, modelos, atletas, fazendeiros, motoboy e tudo mais que você imaginar.

Tem casal hétero, casal gay, tem travesti desmontado, tem Coven.

Tem Alexandre Herchcovitch - criador e criatura. Tem Isabeli vestindo Renato Kerlakian, o rei do jeans brasileiro, tem o muso do blog Hipster Cafona, e tem a musa Jana Rosa, agora que é rica, usa Colcci e Cavalera.


Tudo lindo, tudo incrível, tudo transgressor.

Tudo na medida do jeans, a cara do jeans. Tudo como eu gostaria que fosse na vida real. Um lugar para todos serem como são, sem medo e sem máscaras.

6 comentários:

Pedro disse...

. me arrependo de não ter comprado essa Mag!

é a que mais pegada pop tem das últimas edições e eu deixei passar...

dá vontade ir na banca e comprar só pra não ficar sem

Gui disse...

Achei a MAG! Jeans Fantástica. Muito melhor que a MAG! Liberdade. O que mais me encantou foi justamente o editorial que você também mais gostou Thiago. Senti que queria estar lá também. Adorei a foto dos dois fazendeiros com a modelo, que pelo sobrenome e semelhança, são familiares. Adorei as outras matérias também. E o seu texto ficou ótimo, não mexeria em uma palavra.

Pedro, não sei de onde você é mas a revista ainda está nas bancas, ontem mesmo vi aqui por BH.

Poulain

Dário Shoüpaiwisky disse...

Mas assim, ela vem a parte?
comprei a minha na Livraria cultura e nao veio essa.
=/
1abraço

Thiago Muniz. disse...

Dário, a Jeans é uma edição especial, e vem separada.

Ou seja, menos r$18,90 no bolso.

Leandro disse...

Tô numa pindaíba que dá gosto. Até me interessei, mas nada de mag! esse mês. :-(

Greg disse...

Adoro que 80% do "gente como a gente" é tudo figurinha carimbada do meio fashionista de São Paulo.

Postar um comentário | Feed



Blog Widget by LinkWithin
 
^