sexta-feira, 6 de novembro de 2009

E a Fernanda Young chegou!

Enfim a capa da Playboy de novembro!

E a cinturinha, heim...

Fernanda Young vem clássica e linda, vestida com a indumentária completa de Coelhinha Oficial. E olha, mesmo vestidíssima, ela vem bem provocante, indiciando todos os atributos que fazem jus ao convite para o ensaio nua.

Lânguida e linda.

Pelas fotos de divulgação, já temos ideia do ensaio, que parece melancólico, poético e cheio de pequenos detalhes que farão dele um clássico.

A ansiedade só aumentou. Chega logo, revista!

UPDATE:

Frase ditas por ela na coletiva de lançamento da revista:
obs.: Estas frases foram copiadas direto do Twitter da Playboy, que fez a 'transmissão' da coletiva, e não tiveram edição ou revisão.

"Daqui há 10 anos, eu me mataria de ódio de não ter feito Playboy"

"Acho nu artístico um saco. Não tive pudor em fazer um ensaio erótico. Se eu não estou mais escancarada, é porque eu tenho pelos pubianos"

"Acho sensacional, aos 40 anos de idade, ter um corpo sensual e uma medida possível de ser fotografada por uma revista"

"Queria mudar e estética do erotismo no Brasil, que não me diz respeito, e eu sou brasileira, por isso resolvi posar nua".

"Pode parecer piegas, mas imaginei fazer algo muito poético, e ideologicamente parece algo libertador posar nu"

"Eu queria ganhar a roupa de coelhinha!"

"É feita sob medida, vem dos Estados Unidos, ter uma roupa dessa, um símbolo de sexualidade e liberdade, eu queria ter essa roupa"

MAIS UPDATE!

Na hora que vi a capa da Fernanda, lembrei de uma outra capa da Playboy, mas neste caso, a Americana. Em setembro de 92, a comediante Sandra Bernhard vei trajando o uniforme de coelhinha, e em comum com Fernanda Young, uma das coisas mais comentadas era a 'ausência de atributos' que lhe dessem direito de estrelar um ensaio para a revista do coelho. Sandra veio e marcou época.

Capa bem diferente, mas inevitável lembrança.

22 comentários:

RaFa . disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jader Maia disse...

A capa é mais irônica do que propriamente bonita.

G disse...

curioso com o especial "coma bem". ALOCKA gastrônoma. hahaha

poulain

RaFa . disse...

Digna de clássico !

LRNJ MNSN disse...

Não gostei muito dessa capa.

Jean Cândido disse...

a nao...quem eh q vai elogiar essa capa agora???reclamaram tanto da ultima da scheila carvalho...tah quase igual(sendo que eu prefiro bem mais a bunda da carvalho).

na boa...se disserem q essa capa eh um classico, que pé uma das melhores da historia e papapa, digo que vcs nao deem nada aos fas da joelma, da iris, de rbd, etc etc etc...

Thiago Muniz disse...

Jean, acho que um clássico se constrói com elementos mil.

E a estrutura gráfica da capa da Young tem alguns desses elementos.

Não nego que esperava um pouco mais de glamour, ou sei lá, queria algo menos corriqueiro. Mas o fundo branco, com a roupa de coelhinha e o texto em preto e vermelho é uma combinação clássica.

E o ponto de subversão está exatamente na personagem: tatuada, fora do padrão e, ainda assim, uma coelhinha perfeita.

Não é uma capa lindíssima, mas não nego que seja um clássico de Playboy.

thiago disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
thiago disse...

Xara, deu para ver sua empolgacao em postar a capa e as fotos da FY. Vide os inumeros erros de portugues nesse post!
FICADICA!!!

Maurício disse...

Tiago...parabéns pelo post....falou bem garoto.....

é uma capa estilo FY, para mim até agora a melhor do ano....

as cores são lindas... branco, preto e vermelho combinam, não tem erro... tbm não adiantava colocar cores muito fortes ou diferentes, pois não tem nada haver com o tom de pele de FY e suas tatoos...

Thiago Muniz disse...

Pô thiago, nem era só empolgação, era pressa msm...

e ainda bem que você onseguiu ler tudo, né?! Bom é assim...

Thiago Alcântara disse...

Vocês não irritem Thyago Muniz pq eu pago de lôca e mando virus pra geral.

(Mas eu posso mandar beijos se vocês quiserem)

T.

Leandro disse...

Concordo com Jader: A capa é mais irônica do que propriamente bonita. E acho que podia ser bem mais irônica, bem mais subversiva.

Marco Túlio disse...

nossa ficou ridículo esse photoshop na cintura dela... triste!!

Jaquielio disse...

Marco, Photoshop? Desculpa, mas vc viu a coletiva de imprensa?? Procure fotos veja se rolou photoshop..

Leonardo Valle disse...

Vou deixar essa analise guardada para a próxima promoção, quando vcs perguntarem "qual o post que vc menos gostou?". Mas não vou pegar no pé: se as analises estao parciais, com certeza meu comentario também o é, porque não gosto da F.Y.
Mas vamos lá! Não vejo nada de ironico e nada de subvesivo nesse ensaio. Só uma pessoa tentando se enquadrar desesperadamente num padrão que ela mesmo anteriormente criticava. O ensaio também não é sensual e está longe de ser artistico. Ou seja, é vazio, oco e sem proposta. E sobre isso ele ser "um classico", só digo que ele me da saudades da Alessandra Negrini by Bob Wolfenson. Que venha a próxima. :P

Leandro disse...

Haha, boa. Leonardo, imparcialidade nunca combinou e nunca combinará com o dB. As opiniões são de dentro pra fora. Todas. E opiniões contrárias às nossas são sempre mto bem-vindas tbm. Não vi o ensaio ainda pra dizer se FY subverteu ou foi subvertida. Abção!

Hilário disse...

Mentira, o Leandro odeia opiniões contrárias!!! hahahaah

:-P

Brincadeira, eu quis ser irônico como a capa.

Leandro disse...

Pô, não era para espalhar. Mas já odiei bem mais. ;-)

Leonardo Valle disse...

Valeu pela abertura pessoal, escrevi o comentario com medo de retaliações rs! Abração

Poio disse...

Ficou boa a capa e, surpreendentemente, ficou bom o ensaio, excitante e maravilhosamente fotografado pelo Bob Wolfenson.

Carol F. disse...

Eu acho que as fotos ficaram muito bonitas, mas em todas ela está com uma cara um pouco incomodada. Parece que não chegou a ficar totalmente à vontade com a coisa.

Postar um comentário | Feed



Blog Widget by LinkWithin
 
^