quarta-feira, 25 de maio de 2011

Ora que melhora

Traçando um paralelo com a primeira capa da Status, onde Fernanda Tavares apareceu no maior desconforto,  podemos afirmar que cansaço define a cara da Christine Fernandes na segunda capa da revista. Era pra ser sensual,  Christine! Mas certeza absoluta que,  assim como no mês passado,  há duas dúzias de fotos melhores no recheio. Essa capa é melhor que a outra,  mas ainda carrega alguns problemas consigo.  Não gosto desse azul (?),  não gosto da diagramação,  da foto,  do corte dado nela...  Bem,  ao menos temos a ex-Saia Justa de volta às masculinas. E o ensaio é do Bob.
A terceira vem melhor, aposto

17 comentários:

o Humberto disse...

É pra ser sincero? Preferia até o desconforto da Fernanda Tavares. Tem cara de capa da UM isso aí. :S

We Love Terry disse...

Gatinha, assim vc me assusta com o seu caput de fusca

Watch My Mouth disse...

Acho que o pior não é o fato de ela estar um lixo graficamente... o foda é que essa cara perdeu o pai não faz um mês... meus valores morais apitaram... como assim Brasil?

Ana disse...

Interessante ler um comentário falando do pai dela ter morrido recentemente, pq imediatamente isso veio na minha cabeça tbém... mas nem acho q venha ao caso, é mais cisma (da minha parte, pelo mesmo).
Sobre a capa, tinha visto agora no facebook de vcs.. pô! como assim? q cara é essa? talvez esteja melhor na banca, não sei. Ficou estranho... Talvez como a GQ, a 3ª capa será o grande início (bom, neste caso, retorno).

o Humberto disse...

Eu lembrei dessa coisa do pai tb, mas deduzi que as fotos talvez já estivessem prontas. Tb não achei que era o caso de "julgar" a moça por isso, a vida continua né?

Israel Carneiro disse...

zZzzZzZZZzZ...

Kelvelyn disse...

Bem melhor que a primeira que é bem feia.

Christine é linda mesmo com essa cara.

Fernando Vasconcelos disse...

STATUS tá precisando se achar. Lançamento parecia revista da Joyce Pascowitch... Essa tá com uma levada meio TRIP... Quem sabe na terceira a coisa engrena. ZZZzzzZZZZZ by now.

Greg disse...

Achei uó o abre não ser com foto dela. #suspense

Ike Laguárdia - @ikelag disse...

Soube em off que a capa era outra. Adorei o corte da foto, mas achei péssima a diagramação e as cores. Acho Christine, que já fez VIP, mas não ficou bem na foto de capa.

Romualdo disse...

Essa capa me remete a capa da TRIP com a Marjorie Estiano.

luciano disse...

Uma levada de clip do Lenny Kravitz, com atitude de Kate Moss, se achando a Catherine Deneve

luciano disse...

e ó, já levaram o papel laminado fosco, já levaram o verniz aplicado na lôgo... levaram tudo...


estaca zero pra gente novamente

VITOR DRUMOND disse...

será que cansaço define? pela capa, o ensaio faz parte de uma narrativa....vai ver a foto é factível com o personagem

luciano disse...

VITOR, a coisa é por aí mesmo.

Só comprando, folheando que vai entender.

A materia sobre as tais festas proibidas pareceu um recorta e cola da mesma feita pela PLAYBOY.

Fernando Vasconcelos disse...

Muito curioso é que STATUS parece estar pesquisando conteúdo onde a PLAYBOY despreza: na PLAYBOY americana. Na edição número 1 de STATUS, a matéria sobre o Tráfico no México parece "inspirada" em duas matérias da PLAYBOY USA (agosto 2010 e fevereiro 2011). Já Dean Potter, nessa STATUS número 2, o homem que anda na corda bamba a 800 m de altura, foi matéria da PLAYBOY USA em setembro 2010.

Lena disse...

Mto certo quem disse q tá mto parecida a capa da Marjorie Estiano na Trip.

E concordo com o cansaço, e o figurino parece papel laminado,

mas lá no fundinho achei q a intenção era algo meio Brigitte Bardot em filmes Noir e achei a intenção boa

Postar um comentário | Feed



Blog Widget by LinkWithin
 
^