quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Lista negra

Para finalizar os trabalhos do dia, vasculhei meus arquivos e listei todas as capas de revistas masculinas brasileiras que trouxeram mulheres negras em suas capas. Ao todo foram apenas 17 capas. 17! Já sabia que o total seria insignificante, mas não imaginava que fosse tanto assim. Nem me lembrava que a moderna Trip, em 23 anos de estrada e com mulher grávida, tetraplégica e uma vovozinha safada em seu currículo, tinha dado apenas 3 capas com mulheres negras. Se o Brasil fosse só o Rio Grande do Sul, eu até entenderia as pífias 17 capas, mas como não é, por que tão poucas?
.
Acho que os fazedores de revistas têm em suas mãos uma ferramenta importante que pode e deve ser usada na luta contra qualquer forma de discriminação e preconceito. Espero que o dia de hoje sirva realmente para algum tipo de conscientização, pois, se continuar dessa forma, daqui a pouco será necessário implantar um sistema de cotas nas bancas de jornais do Brasil.

Por que tão poucas?

UPDATE (23/11/2008)
Aqui no DasBancas é assim: quando erramos, corrigimos o erro sem inventarmos desculpas esfarrapadas. Um dos nossos 500 leitores diários que não posta comentários no blog (fazer o quê?) me avisou sobre o erro. Esse leitor, além de ter bom gosto (lê DasBancas, né? Rs...) e ser gente boa toda vida, é uma enciclopédia ambulante de revistas masculinas. Ok, agora a retificação: em 1900 guaraná com rolha, a Trip publicou uma capa com uma bailarina e dançarina de rap (capa já inserida na lista acima). Portanto, ao todo são 17 capas e não 16. 3 da Trip e não 2. Ah, sim, isso não muda nada o que foi dito no post.

25 comentários:

PedroMathias disse...

. sem contar que das 16 capas, 7 tem a mesma mulher

[e no mercado não faltam tantas opções assim!]

aserlima disse...

A Isabel Filards foi capa da Interwiew no inicio da carreira. Revista que seguia a mesma linha que a Vip segue hoje...

Além disso, tem a Viviane Araujo, que de branca não tem nada ( o seu cabelo nao nega mulata, por que és mulata na cor....) e as 800 capas que ela ja fez da Sexy, Premium, Ele Ela..e por ai afora.

E a Bombom também já fez Ele Ela.

Serginho

Revistas disse...

ellaine alves não é negra.
sendo assim, gracyanne também é!

Leandro disse...

A Interview não seguia mesmo a mesma linha da VIP e é claro que relacionei apenas as principais revistas masculinas atuais. São elas: Playboy, Sexy, VIP, Trip, Maxim, UM e Homem Vogue. Desconsidero totalmente ELEELA e Premium, pela qualidade inferior das publicações, porque se considerasse essas teria de considerar também Brazil, Gata da Hora, Sexy Especial, Paixão Nacional (PBY) e mais um monte de publicação açougueira que tem por aí.

Sobre Ellaine Alves, Viviane Araújo e Gracyane Barbosa, sabia que ia rolar algum comentário, pois tinham mais mulheres nas capas (especialmente as da Sexy, tipo: Layse Sapucahy, Tatiana Pagung...) que eu não conheço suas ancestralidades e não sei como elas se definem. Por exemplo, Camila Pitanga se fosse uma imbecil racista e não conhecêssemos sua família ela poderia dizer que é morena que qualquer um acreditaria. Sem contar que eu, branco azedo que sou, posso ter menos DNA europeu que a maioria das listadas.

Abç e bjo nas crianças!

Hilário disse...

Eu acho que gostava da Interview.
Faz tanto tempo que nem me lembro.

Brunno disse...

Adoro essa capa da Janaína Santos.

Com tantas opções não entendo a ausência das negras.
- Juliana Alves;
- Quitéria Chagas;
- Karen Motta;
- Sharon Menezes;
- Chris Viana.

Leandro disse...

Hilário, vc é muito novo pra ter lido Interview. Rs...

Pedro e Brunno, Juliana Alves e Sheron Menezes já teriam estampado uma capa minha há muito tempo. Emanuella de Paula também.

Nesse Brazil's Next Top Model tinham duas modelos (Isabel Correa e Tatiana Santos) que arrebentariam na capa da Trip. Bem mais que essas duas modelos insossas das duas últimas edições.

Revistas disse...

Brunno, eu entendo a ausência das mesmas nas capas: elas não aceitam, simples assim.

Brunno disse...

'Revistas', não tem nada de simples assim, viu.
Quitérias Chagas na época do carnaval + novela só não foi capa pq a PLAYBOY não quis.
Chris Viana e Karen Motta é falta de insistência da PLAYBOY. E Juliana Alves e Sharon acho que recusaram.
Nada que uma boa negociação não resolva.

Leandro disse...

Concordo com o Brunno, sem contar que não estamos falando apenas de revista de nu, cuja negociação realmente é complicada. Duvido que qualquer uma das citadas recuse um convite da VIP, Maxim e afins.

Brunno disse...

Exatamente Leandro.
Todas que citei fariam Vip facinho facinho.

Às vezes acho que oferecem muito pouco, por isso que não topam.
Lembro que Quitéria estava muito empolgada em fazer PLAYBOY. Mas como sempre, nunca da certo.
Já ta cansando essa ausência de negras.

E não suporto quem vem falar que são elas que não aceitam. Palhaçada.
No dia que for realizado uma negociação decente teremos uma negra na capa.

andreporto69 disse...

Galera, muito legal essa lista. Realmente temos negras lindas que merecem cada vez mais capas (quando tiver de merecer tb). Só acho bobagem colocar só por colocar. Só pra dizer que não é racismo. Muita gente acha que PBY não chama negras pras capas. PBY chama mulheres que se destacam. Sejam brancas, negras ou pardas. O importante é ser bonita e/ou se destacar. Pena que ilde SIlva, Taís Araújo e Juliana Alvez, por exemplo, ainda não encarem propostas desse tipo. Camila pitanga eu nem falo, pq nem VIP ela faz mais. Que dirá PBY.

Por falar em Camila Pitanga, não acho que ela pode ser classificada como negra. E sim como morena. Negra pra mim é isabel Fillardis. Que até cabelo crespo tem. Não que isso seja critica ou algum comentário negativo. Até pq sempre fui admirador da beleza negras. Negras gatas!

Valeu!

Abraços

Brunno disse...

Fico cansado com certas coisas, AFF.

“O importante é ser bonita e/ou se destacar”... paciência, muita paciência.
Graaaande destaque foi Mônica Carvalho, as Garotas do Casseta, Andrea Lopes, Garotas do Supersurf, Bodyboards... entre milhares. Alguém me fala que destaque tiveram???
Garanto que qualquer uma que citei venderia muito mais que essas.
Então isso aí é pura besteira das grandes.

Bom, Ilde Silva entra na minha lista. É linda.

aserlima disse...

"Garanto que qualquer uma que citei venderia muito mais que essas."

Não venderiam não Brunno, pelo mesmo motivo que fez encalhar Carol Castro, Ana Paula, Monica Carvalho.. e a Claudia Ohana. Pelo fato do povo gostar de MERDA. Gostar de Melancia, Mulher File, Mulher Macabra, e por ai vai, que a lista é grande... O povinho que hoje fez coro para pedir Macabra, nem conhece Ilde Silva, Cris Viana ou Karem Mota...A conta é simples assim.

supergang disse...

hoje mesmo estava eu folheando a Trip da Ellen Rocche do ano 2000 e na seção Cartas tem uma reclamação de um leitor que fala que a revista parecia ser feita em um país nórdico por conter somente modelos brancas. E o Paulo Lima responde que a Trip mostrou sim muitas pessoas negras na capa e não só modelos mas também personalidades.
Não é bem isso que eu vejo e creio que vcs também.
fui

Brunno disse...

Serginho, me referi a Mônica Carvalho, Andrea Lopes, Cassetas, as que tiveram uma vendagem quase que desprezível. E em relação a estas, as que citei venderia mais sim. Se existem capas fracas ou quase nulas com brancas pq não com uma negra??

E não concordo com o que vc falou, quero uma capa da PLAYBOY com Macabra mas também quero com Karen Motta, Ilde, Nakamura, Ana Cláudia Michels, Aline Moraes, Lucielle, Nathália Rodrigues, Ranaldi etc etc. O que tem de errado pedir uma capa com uma mulher linda?
Só acho uma prepotência absurda ficar taxando quem quer uma determinada mulher disso e daquilo.
Bom mas esse post não é sobre Macabra...

Então, acho que é fácil fácil fazer uma capa com uma negra, basta querer.

Revistas disse...

Não acho que seja tão fácil como vocês falam, não, MESMO!

[Quitéria Chagas na época do carnaval + novela só não foi capa pq a PLAYBOY não quis]...
era pra ela ter saído na capa de março/07 no lugar da Eloah, lembro até que a Playboy sondou ela durante um chat na Globo, mas, enfim, ela recusou.

A Chris Vianna, linda por sinal, adoraria ter ela na capa, mas acho que ela não é tão conhecida ao ponto de.

As outras citadas, ora dizem que não é a hora, ora dizem que depende do cachê e passa o tempo e elas não aceitam.

Brunno disse...

"Revistas", onde vc viu que Quitéria Chagas chegou a recusar?
Que eu saiba ela estava bastante empolgada.

Revistas disse...

Brunno, kra, faz tanto tempo que não lembro mesmo onde li, mas desse chat eu lembro. Lembro também que eu tinha certeza que seria ela a capa e dias depois, eles anunciaram a Eloah.

Então, já troquei, mas o Google não muda, é Anderson, ok?

Revistas disse...

olha só Brunno:

http://bbb.globo.com/BBB7/Internas/0,,AA1443879-7530,00.html

Brunno disse...

Ok Anderson, vou olhar!

Brunno disse...

“Foi uma loucura! Ainda não está nada certo, mas daremos início a uma negociação”, conta Quitéria. Ou seja, ela estava totalmente disposta a fazer PLAYBOY, mas certamente não valorizaram Quitéria como ela merecia.
Não me conformo com isso. Seria uma super capa.

aserlima disse...

Quiteria Chaves ia ser massa mesmo.
Adriana Lessa, falou nas 20 poerguntas que era só convidar que ela posaria.
Adriana Bombom fechou com a Sexy no auge mais lindo da carreira... como se a PBY nao ficasse sabendo da negociação, e assim vai.
Fora claro, o tanto de modelos negras lindas que existem. Temos que parar de querer Tais Araujo e Cia Ltda, que nao devem conversar por menos de milhões...mas também temos que olhar com carinho para belas negras que existem ai. Muito bem colocado, quem falou que parece que vivemos num país nordico... Complicado.

Leandro disse...

Vocês discutem, hein? Rs...

Só para encerrar, ainda acho o caso da Trip infinitamente pior que o da PBY e Sexy. 23 anos, boa parte das edições com capa dupla.... e só 2 capas. Espero que o post, apesar do blog ser pequeno, sirva para alguma coisa. Pelo menos fiz minha reclamação e sou daqueles que acreditam que reclamar adianta.

Fábio disse...

Camila Pitanga e Gracyanne Barbosa são negras sim ! Morenas(os) para mim são mais as pessoas de pele clara e cabelo preto.Só para se ter uma idéia, vocês já virão os parentes da Camila ? O Rocco Pitanga, irmão dela e é negro certo ? Então. Gracyanne a mesma coisa. Realmente faz falta as mulheres negras. É uma pena. Vou enviar alguns e-mails reclamando também. Abraços pessoal !

Postar um comentário | Feed



Blog Widget by LinkWithin
 
^